Como funciona a formação de preços com margem

Sem categoria Postado em 12/06/2019

Um erro grave de boa parte das empresas é não fazerem uso de uma metodologia inteligente para a formação de preços, posto que atribuem o valor de suas mercadoria, muitas vezes, no ato da venda.

Muitas vezes os funcionários responsáveis por isso sequer sabem como funciona essa formação de preços e, uma vez que o dono se ausente, não sabem o que fazer com a chegada de novas mercadorias.

Por isso, apresentaremos nesse artigo uma excelente metodologia de formação de preços de venda, chamada Margem.

Como funciona

A princípio, imagine a seguinte situação: sua empresa adquire um produto com preço de compra de R$100,00.

Só para exemplificar, vamos nos esquecer de toda a tributação, sendo que esses R$100,00 caracterizam todo o custo da aquisição desse produto.

Desse modo, ao planejar vender você estabelece um objetivo de lucro de 30%, que seria exatamente a sua margem pretendida.

A fim de saber qual deve ser o preço de venda, aplica-se uma fórmula bem simples, veja:

PV= C / (1 – M%), assim sendo:

PV= Preço de venda;

C= Custo;

M%= Margem (indica-se transformar a porcentagem em número decimal com o propósito de simplificar o cálculo).

Vamos então aplicar a fórmula ao exemplo:

PV= 100 / (1 – 0,3)

PV= 100 / 0,7

PV= 142,86

Como resultado temos que o nosso preço de venda deve ser R$142,86 para que, assim, obtenhamos o lucro de 30%.

Apuração

Será que o seu resultado está realmente certo? Aconselhamos sempre que você apura cada resultado, a fim de identificar qualquer possível erro.

Vamos ver:

O custo que tivemos com a compra da mercadoria foi de R$100,00 e logo depois vendemos esse produto por R$142,86.

PV – C= lucro bruto de R$42,86

M%= 42,86 / 142,86

M% = 30% de ganho sobre a venda desse produto.

Sem dúvida, quando se tem um negócio para gerir nem sempre temos tempo para apurar todos os resultados.

Todavia, é de suma importância que você sempre mantenha esse controle. Seja como for, a ultima coisa que se quer é que um pequeno erro comprometa toda a lucratividade da sua empresa sobre determinado produto.

Veja a seguinte situação:

Sua empresa tem em estoque uma quantidade razoável de determinado produto, ao qual foi aplicada a margem de 30%. Só que esses produtos estão perto de exceder o prazo de validade, e agora?

Considere que, se esses produtos vencerem, todo esse estoque terá que ser descartado de tal forma que, além de sua empresa não ter o retorno de 30% planejados, você ainda perderá o capital investido, gerando prejuízo.

Então, para recuperar esse investimento, você decide realizar uma queima de estoque, colocando o produto em promoção de – 30%.

Ao passo que atraímos mais clientes para o estabelecimento, garantimos que nenhum, ou o mínimo possível de produtos seja perdido.

Assim, quando os clientes comprarem o produto, naturalmente não vão gerar lucro para a sua empresa, mas certamente estarão evitando que tenha prejuízo sobre cada unidade descartada.

Dicas

O método de margem é eficiente de tal forma que garante ao empreendedor um excelente domínio sobre os números que decidem se sua empresa terá um lucro satisfatório ou não.

Além de possibilitar análises que ajudam a tomar decisões sobre como solucionar um problema, antecipando situações e prevenindo prejuízos.

Por isso, se sua empresa não faz uso de uma metodologia pensada para a formação de preços de venda, ou ainda, faz uso da metodologia Markup, é aconselhável que você avalie a possibilidade de instalar o método de margem.

O Markup, embora seja amplamente utilizado por pequenos empresários, não é o melhor método para empresas que buscam crescimento e alta lucratividade.

Sabendo de tudo isso, de fato você está mais que preparado para implantar esse método e decolar seus lucros! Dúvidas ou sugestões? Entre em contato conosco! Estamos prontos para lhe atender.

Site: www.simtax.com.br

Telefone: (11) 5096-6600

WhatsApp: (11) 97543-4715

E-mail: comercial@simtax.com.br