Conceitos Básicos do Mercado Farma

Sem categoria Postado em 14/04/2020

Ao ingressar em um novo ramo, é primordialmente importante começar do início. Mais importante ainda que isso, é saber onde fica o início.

Muitas pessoas quando decidem iniciar num novo ramo, ou mudar a direção da vida profissional tentar adquirir alguma base de conhecimento, para que possa se situar.

Dessa forma, trouxemos para você hoje um artigo suscinto a respeito de alguns dos conhecimentos básicos que você precisa adquirir para iniciar no Mercado Farma.

Vale lembrar que não entraremos em detalhes mais profundos a respeito de cada variável que apresentaremos aqui. Mas garantimos que abordaremos todas elas em artigos futuros.

O objetivo deste material é dar um norte, um ponto de partida para aqueles que estão literalmente chegando agora e precisam conhecer um pouco do básico.

Então, sem mais delongas, vamos à lista e definições rápidas de alguns dos Conceitos Básicos do Mercado Farma.

Medicamentos e Não-Medicamentos:

Muita gente não sabe, mas o Mercado Farma engloba todos os produtos que são comercializados dentro de uma farmácia, de modo que lidamos com produtos que vão desde remédios tarja preta, até o suplemento alimentar que pode ser encontrado no corredor. Dessa forma, é importante que você saiba exatamente quais produtos são medicamentosos e quais não são.

CMED:

Esse é o órgão responsável pela fiscalização e parametrização dos Medicamentos, ou seja, ela não lida com produtos não-medicamentosos. Em síntese, trata-se de um departamento da Anvisa criado justamente para essa finalidade.

PF e PMC:

Essas duas siglas serão suas companheiras constantes nesse ramo. Elas significam Preço Fábrica e Preço Máximo ao Consumidor, respectivamente, e nada mais são do que tetos dos valores máximos a que um Medicamento pode ser vendido por cada membro da cadeia econômica, e são definidos pela CMED.

Cadeia Econômica:

É um nome bonito dado para o fluxo que um produto segue desde a saída da Indústria até chegar às mãos do consumidor final.

Tributação:

As regras dos tributos que recaem sobre Medicamentos são bastante específicas, pois se trata de um mercado complexo, peculiar e muito importante. Os impostos a serem pagos são muitos, como o ICMS, PIS e COFINS para alguns (poucos) Medicamentos, entre outros.

Substituição Tributária:

É um modelo de cobrança do tributo ICMS, onde um membro da cadeia substitui os demais em suas obrigações tributárias, isto é, só uma empresa paga o imposto em nome de todos da cadeia econômica;

Margem de Valor Agregado:

Alguns lugares também usam o termo “Índice de Valor Agregado”, mas são a mesma coisa. Esse é o resultado de um estudo governamental a respeito da variação do preço dos Medicamentos, onde se compara o PF e o valor médio ponderado pelo qual os clientes finais adquirem aquele Medicamento. É usado como base para o cálculo da ST.

NCM:

Nomenclatura Comum do Mercosul é um código de oito dígitos que é utilizado para categorizar produtos segundo suas características e funções, e deve constar na nota do produto.

Categoria de Medicamentos:

Existem quatro categorias básicas que dividem os Medicamentos: Referência, Similar, Genérico e Outros, que vamos abordar de forma rápida.

  • Referência: são aqueles que são novidades no mercado, ou seja, os pioneiros. Requerem longos estudos clínicos e pesquisas para que sua fórmula seja desenvolvida e então lançada ao mercado;
  • Genérico: são os Medicamentos que nascem a partir da fórmula dos Referência, assim que a patente cai. Não precisam de pesquisas ou estudo, pois utilizam a fórmula desenvolvida pela Indústria do Referência, o que significa que têm obrigatoriedade de serem idênticos à este. São em média 35% mais baratos, além de não possuírem marca;
  • Similar: o princípio é o mesmo dos Genéricos, pois também nascem a partir da fórmula do Referência cuja patente já expirou. Contudo, geralmente possuem marca e diferenças triviais com relação aos pioneiros, mas que não podem afetar o efeito do Medicamento.

Então, esses são alguns exemplos de conceitos básicos desse ramo de negócios. Claro que existe uma infinidade de outros temas a serem abordados.

Dessa forma, se acaso você se interessou e quer saber detalhes sobre essas e muitas outras variáveis, temos um material completo sobre o Mercado Farma.

O livro Tributação de Medicamentos e Regras de Negócio veio como um compilado de tudo o que você precisa saber para se dar bem nesse ramo.

Assim, fica a dica! Nos acompanhe para conferir os próximos artigos e não deixe de nos contatar. Até a próxima!

Site: www.simtax.com.br

Telefone: (11) 5096-6600

WhatsApp: (11) 97543-4715

E-mail: comercial@simtax.com.br