Indicadores de Lucratividade

Sem categoria Postado em 12/06/2019

Em todas as empresas existe o que chamamos de Indicadores, com o propósito de demonstrar todos os detalhes de custos e lucros sobre suas operações.

Geralmente em forma de planilha, os detalhes são expostos em ordem para que seja fácil visualizar o que acontece com o capital da empresa.

A fim de entender um pouco mais sobre Indicadores de Lucratividade, especialmente sobre a diferença entre lucro sobre faturamento bruto e líquido, siga conosco!

O que é DRE

A princípio, vamos ver a definição: a sigla significa Demonstração do Resultado do Exercício, e é justamente a planilha contendo todos os dados das operações.

Nela você encontra principalmente o faturamento bruto mensal, valor do montante de impostos pagos, faturamento líquido, CMV (Custo de Mercadoria Vendida), lucro bruto, despesas e lucro operacionais.

É importante que conste na DRE todos lucros, assim como gastos que a empresa teve naquele período, para que se tenha um resultado fiel dos lucros.

Faturamento Bruto

Só para exemplificar, vejamos a DRE de uma empresa que o faturamento bruto em determinado mês foi de R$100.000,00;

Os impostos pagos somam R$10.000,00;

De tal forma que nos dá um faturamento líquido de R$90.000,00;

O CMV é igual a R$60.000,00;

Logo que, seu lucro bruto é 30.000,00;

Da mesma forma subtraímos as despesas operacionais que somam R$20.000,00;

O que tem como resultado o lucro operacional de R$10.000,00.

Porcentagens

Visto que essa empresa prefere que todos os seus indicadores sejam baseados no faturamento bruto, esse caracteriza a base 100% que iremos trabalhar, veja:

  • Faturamento bruto: 100%;
  • Impostos: 10%;
  • Faturamento líquido: 90%;
  • CMV: 60%;
  • Lucro Bruto: 30%;
  • Despesas Operacionais: 20%;
  • Lucro Operacional: 10%.

Faturamento Líquido

Usando a mesma DRE como exemplo, vamos analisar os indicadores baseados no faturamento líquido dessa empresa da mesma forma.

No entanto, o que corresponde à nossa base 100% são os R$90.000,00 de lucro com os impostos já descontados, portanto:

  • CMV: 66,67%;
  • Lucro bruto: 33,33%;
  • Despesas operacionais: 22,22%;
  • Lucro operacional: 11,11%.

Em suma, trata-se apenas de um simples cálculo de porcentagem onde, nesse exemplo, os valores são divididos por 90, que é a nossa base 100%.

Qual o ideal?

Em resumo, a escolha de qual método é ideal para a sua empresa depende principalmente do ramo em que ela atua e a rotina de vendas. Como assim?

Se acaso sua empresa compra e vende produtos dentro de um único Estado, o cálculo sobre o faturamento bruto é o ideal, pois as variações de tributação em território nacional não afetam diretamente os indicadores.

Entretanto, se sua empresa vende para mais de um Estado, os indicadores sobre o faturamento líquido é o mais indicado, posto que cada estado possui uma tributação diferente.

Dessa forma, isso permite que você controle os valores de venda para cada estado e não afete o lucro final.

Importante

Primeiramente, é de suma importância que haja, acima de tudo, consistência no método adotado para os indicadores da sua empresa.

De forma alguma você pode, por exemplo, usar indicadores sobre faturamento bruto para a formação de preços e sobre faturamento líquido para a apuração dos resultados.

Uma vez que, ao fazer isso, pode resultar em discrepâncias de resultados e falsa visão sobre a verdadeira situação financeira da empresa.

Por isso, estude, avalie e escolha o método que melhor atende às necessidades da sua empresa e siga com ele em todas as situações.

Assim, você garante controle total sobre suas finanças e pode planejar melhor suas estratégias de precificação, bem como apuração de resultados.

Em síntese

Por fim, para garantir o entendimento, vamos recapitular:

A DRE é uma ferramenta primordialmente importante para a visualização dos indicadores da sua empresa, pois compila todas as informações de quanto entrou e quanto saiu em cada momento;

Visto que cada modelo de indicadores é ideal para um tipo de empresa, avalie qual melhor se adeque às suas necessidades;

Negócios dentro de um único Estado se adequam melhor aos indicadores sobre faturamento bruto, enquanto que o faturamento líquido é perfeito para empresas que vendem para diversos Estados;

Então não utilize os dois indicadores simultaneamente para fins diferentes, para evitar divergências nos resultados.

E então, qual o melhor indicador para a sua empresa? Não deixe de estudar o seu negócio planejar estratégias para garantir o seu sucesso e da sua empresa! Por fim, fique conosco para mais conteúdos como esse. Ainda restaram dúvidas ou tem alguma sugestão? Entre em contato conosco, estamos sempre prontos para lhe atender!

Site: www.simtax.com.br

Telefone: (11) 5096-6600

WhatsApp: (11) 97543-4715

E-mail: comercial@simtax.com.br