O meu preço de venda deve cobrir meu custo fixo?

Sem categoria Postado em 04/09/2019

De fato essa é uma dúvida recorrente e bastante comum, principalmente entre os novos empreendedores.

A princípio, saber todas as variáveis dos cálculos de formação de preços de venda é um passo muito importante para aumentar o seu lucro e evitar erros que resultem em prejuízos.

Dessa forma, trouxemos hoje um artigo dedicado especialmente para sanar as dúvidas acerca de uma dessas variáveis: o custo fixo, ou despesas operacionais.

O que é custo fixo?

Em primeiro lugar, é importante distinguir os custos que você tem no seu negócio. Em síntese, existem dois tipos: custo variável e custo fixo.

O custo fixo nada mais é do que as despesas que se mantem constantes todos os meses, independentemente do número de vendas efetuadas.

Em outras palavras, são todos os gastos que não têm relação direta com as vendas que você faz durante um determinado mês.

Temos por exemplo os gastos com aluguel, energia, água, contabilidade, internet, salário dos funcionários, etc.

Margem

Só para ilustrar, abordaremos um exemplo de formação de preços com o modelo Margem, supondo uma operação de um produto fictício com toda a tributação embutida no custo:

  • Custo: R$100,00;
  • Margem: 30%;
  • Despesas Operacionais: 20%.

Formação de PV: custo / (1 – margem)

Ou seja: 100 / (1 – 30%) | 100 / 0,7 = PV: 142,86

DRE

Primeiramente, é importante observarmos quais informações devemos encontrar em uma DRE:

  • Faturamento Bruto;
  • Impostos sobre o faturamento;
  • Faturamento Líquido;
  • Custos de Mercadoria Vendida;
  • Lucro Bruto;
  • Despesas Operacionais;
  • Lucro Operacional.

Dessa forma, vamos observar as três últimas informações em virtude de entendimento do tema.

De conformidade com o exemplo anteriormente suposto, em uma situação de venda de mil produtos, o Lucro Bruto é igual a R$42.860,00 (30%).

Em seguida, as Despesas Operacionais, que correspondem a 20% do faturamento, são iguais a R$28.573,00.

Assim, temos que o Lucro Operacional é de R$14.286,00, ou seja, 10% do faturamento total.

Logo, percebemos que por fim o lucro real do empreendedor foi de 10%, em contraste com a Margem previamente estabelecida.

Isto é porque ao formar a Margem levou-se em consideração o percentual das Despesas Operacionais.

Desse modo, sabemos que sempre devemos observar os custos fixos ao formar os preços de venda dos produtos, de modo que o lucro mínimo deve cobrir esse valor.

Situação

Sem dúvida, não são raras as situações onde nos deparamos com oportunidades de venda por cotação, onde o cliente o preço máximo que gostaria de pagar por um ou mais produtos.

Nesse sentido, vamos a um exemplo onde o valor cotado pelo cliente tem como resultado uma margem de 20%.

Assim, uma rápida análise nos mostra que o Lucro Bruto resultante dessa operação cobrirá as Despesas Operacionais, porém não restará nada.

Todavia

Ademais, sempre se permita fazer uma análise mais profunda de situações como esta, posto que o seu foco seja sempre aumentar o Lucro Operacional da sua empresa.

Dessa forma, ao realizar a venda, aumenta-se o Lucro Bruto do mês, ao passo que os custos fixos não se alteram.

Pois, uma vez que esses custos não dependem das vendas realizadas, seu valor não se altera de acordo com o crescimento destas.

Assim, se antes as Despesas Operacionais equivaliam a 20% do faturamento total, nessa situação essa porcentagem cairá para, por exemplo, 18%.

Logo, o Lucro Operacional tende a aumentar, embora menos que em uma venda com a sua Margem estabelecida.

Por isso, oportunidades como essa podem sem um bom negócio, em contraste com a decisão de não vender e deixar produtos parados no estoque.

Importante

Embora seja uma boa decisão, isso se aplica apenas em situações pontuais, pois se acaso o cliente quiser abaixar o preço de muitos produtos, o impacto sobre os percentuais certamente será prejudicial.

Dessa forma, de vez em quando vale mais a pena ganhar um pouco menos em uma venda, mas apenas se significar aumentar o Lucro Operacional.

Em síntese, ressaltamos que ao formar o preço de venda dos seus produtos, deve-se sempre ter em mente a DRE, de modo que as Despesas Operacionais sejam cobertas.

Por fim, esperamos ter ajudado com mais esse artigo. A fim de mais dicas como essa, acompanhe nossas postagens. Se acaso tenha dúvidas ou sugestões, entre em contato! Então até a próxima!

Site: www.simtax.com.br

Telefone: (11) 5096-6600

WhatsApp: (11) 97543-4715

E-mail: comercial@simtax.com.br