Principais erros ao vender produtos baratos

Sem categoria Postado em 03/09/2019

De fato, no começo de um novo negócio ou quando não temos muita experiência, todos estamos sujeitos a falhas.

Pois, tomar uma decisão sem observar todas as variáveis, ou ainda, sem o conhecimento necessário para tal, pode significar prejuízos devastadores para sua empresa.

Por isso, viemos hoje com um assunto importantíssimo acerca da realidade de vender produtos baratos.

Mais especificamente, o perigo de se trocar um produto lucrativo para o seu negócio por um concorrente mais barato.

Então, a fim de saber mais sobre isso, leia o artigo até o final. Vamos lá?

Percentual não paga suas contas

Só para exemplificar, vamos imaginar uma loja que comercializa o produto “A” a um preço de R$50,00, sobre o qual adquire uma Margem de 30%, ou seja, R$15,00.

Então, o responsável opta por trocar esse produto pelo concorrente “B”, o qual vende pelo valor de R$10,00 e obtêm Margem de 50%.

Dessa forma, observando apenas o percentual, o dono da loja acredita que tomou a decisão certa.

Todavia, percentual não significa necessariamente lucro operacional. Pois perceba, embora adquira uma Margem de 50% com o produto “B”, isso equivale a apenas R$5,00.

Aumento de vendas

Apesar disso, ao questionado, o dono afirma que as vendas aumentaram em 50% em contraste com o produto anterior.

Isto é, se a loja vendia 1000 unidades do produto “A”, agora vende 1500 do produto “B”. Isso pode parecer bom, não é mesmo? Mas vamos analisar mais de perto.

  • Produto “A”: 1000 * 15,00 = 15.000,00 de Lucro Bruto;
  • Produto “B”: 1500* 5,00 = 7.500,00 de Lucro Bruto.

Ou seja, embora o volume de vendas tenha crescido em 50%, ou lucro caiu na mesma proporção.

Em um cenário como este, a loja certamente pode acabar fechando as portas e, muitas vezes, o proprietário sequer sabe onde errou.

Ao contrário do que ele imaginava, o crescimento das vendas não foi suficiente para superar o produto “A”, isto é, seria necessário um aumento de 300% para que isso acontecesse.

Agravante

Ao passo que o volume de vendas cresce, o proprietário desavisado decide então contratar novos atendentes e vendedores para atender a demanda.

Naturalmente, isso tem como resultado o crescimento das despesas operacionais, uma vez que os salários e possíveis comissões dos novos funcionários são incluídos na folha de pagamentos.

Como mostrado anteriormente, o Lucro Bruto resultante da troca do produto caiu em 50%, enquanto que as despesas aumentaram. Assim, o prejuízo foi ainda maior no final das contas, visto que o Lucro Operacional sofreu um impacto avassalador.

Por isso, é importante ter em mente que uma loja cheia de clientes nem sempre significa que o seu lucro será maior.

Conclusão

Então, sempre que for a hora de tomar uma decisão sobre mudanças ou inclusão de produtos no seu estoque, é importante analisar cuidadosamente o impacto que isso pode causar no seu Lucro Operacional.

Ademais, é primordial também ter cuidado com a troca de produtos por concorrentes mais baratos, pois a diferença na qualidade pode desagradar os clientes e, como consequência, manchar a credibilidade da sua empresa.

Por fim, esperamos ter ajudado com mais essa dica. A fim de mais artigos como este, não deixe de explorar o nosso site. Se acaso haja dúvidas ou sugestões, ficaremos felizes em atender ao seu contato. Então, até a próxima!

Site: www.simtax.com.br

Telefone: (11) 5096-6600

WhatsApp: (11) 97543-4715

E-mail: comercial@simtax.com.br